Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Servidores > Avaliação de desempenho

Avaliação de desempenho

por administrador publicado 26/01/2016 11h56, última modificação 10/11/2016 14h45

 |Voltar a servidores|


 

 Imagens

 


 

A Avaliação de Desempenho Individual e Institucional é uma ferramenta que tem por finalidade promover melhorias dos serviços públicos prestados pelo Ministério da Justiça, vinculando o alcance e o resultado de tais melhorias à atuação profissional dos servidores. Em contrapartida, são assegurados meios para a implementação de parcela de remuneração por mérito profissional para aqueles servidores que produzirem melhor desempenho durante cada ciclo de avaliação.

O desempenho institucional do Ministério da Justiça para fins de pagamento da Gratificação de Desempenho dos servidores (Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE; Gratificação de Desempenho de Cargos Específicos – GDACE; e, Gratificação de Desempenho de Atividades Médicas do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDM/PGPE), é avaliado por meio de metas global e intermediárias.

Conforme disposto na legislação que trata sobre o tema, estas metas (institucionais) são responsáveis por até oitenta por cento do valor remuneratório da GDPGPE, da GDACE e da GDM/PGPE. 

 De acordo com o estabelecido no art. 5º, Portaria nº 985, de 5 de outubro de 2015, as metas intermediárias serão avaliadas trimestralmente. Assim, as Unidades responsáveis pelas metas institucionais deverão mensurá-las e informar seus respectivos resultados à Coordenação-Geral de Planejamento Setorial – CGPLAN, para fins de avaliação do alcance previsto para o período.

Nesse contexto, a CGPLAN planeja as atividades para ciclo da avaliação de desempenho institucional, desde o processo de escolha e publicação das metas institucionais até o monitoramento periódico e revisão.



 Base Legal


 

 Período de Elaboração

elaboração.png

 

Período de Avaliação e Revisão

avaliação e revisão.png


  

Metas para o Ciclo 2015-2016


As metas previstas para o Ciclo de 2015-2016 foram definidas na Portaria nº 985, de 5 de outubro de 2015, a qual fixa, na forma do Anexo I e II, respectivamente, as metas institucionais global e intermediárias para a Avaliação de Desempenho Institucional. Tais metas têm como critério de aferição a respectiva descrição, indicador, fórmula de cálculo, unidade de medida e a meta prevista para o ciclo.

Na referida Portaria estão ainda inseridos: o Intervalo para Atribuição da Pontuação para a Meta de Desempenho Institucional Global, o qual define o percentual a ser alcançado e a pontuação atribuída à Meta Global (MG), Anexo III; o Intervalo para Atribuição da Pontuação para a Meta de Desempenho Institucional Intermediária, que define o percentual alcançado e a pontuação atribuída às Metas Intermediárias das Unidades do Núcleo Central do Ministério da Justiça (MI), Anexo IV; e a Metodologia de Cálculo da Média do Percentual de Alcance das Metas Institucionais, a qual determina a Média das Metas Institucionais Global, bem como das Metas Institucionais Intermediárias, Anexo V.

Para maiores detalhes sobre os Anexos clique abaixo:

 

Resultado de Mensuração das Metas


Resultado das metas institucionais intermediárias referentes ao 1º trimestre (novembro de 2015 a janeiro de 2016), do ciclo de 2015/2016, clique aqui.

Resultado das metas institucionais intermediárias referentes ao 1º semestre (novembro de 2015 a abril de 2016), do ciclo de 2015/2016, clique aqui.

Resultado das metas institucionais intermediárias referentes ao 3º trimestre (novembro de 2015 a julho de 2016), do ciclo de 2015/2016, clique aqui.

Resultado FINAL da mensuração das metas institucionais globais e intermediárias referentes ao ciclo de 2015/2016 (novembro de 2015 a julho de 2016), clique aqui.