Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Amapá inaugura laboratório de tecnologia contra lavagem de dinheiro

General

Amapá inaugura laboratório de tecnologia contra lavagem de dinheiro

Estado passa a fazer parte da Rede-LAB, que atualmente conta com 29 laboratórios em todo o país. Até o fim do ano serão 43. Mais de R$ 19,6 bilhões já foram rastreados em sete anos
por publicado: 06/02/2014 14h43 última modificação: 20/02/2014 14h47

Nesta sexta-feira (7), o Ministério Público do Amapá (MP-AP) passa a integrar a Rede de Laboratórios de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro (Rede-LAB) com a inauguração de uma unidade no estado.

A Rede-LAB, criada em 2006 por iniciativa da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), é coordenada pelo Ministério da Justiça, por intermédio do Departamento Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), vinculado à Secretaria Nacional de Justiça.

Atualmente, a Rede é composta por 29 laboratórios. Em plena expansão, até o final de 2014 serão 43 laboratórios em funcionamento.

O secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão, destaca o benefício à sociedade que o trabalho desenvolvido pelos laboratórios proporciona. “Os resultados produzidos são tangíveis. Entre 2009 e 2013, 1,5 mil casos foram analisados pelos laboratórios da Rede, que identificaram R$ 19,6 bilhões vindos de atividades criminosas como lavagem de dinheiro e corrupção em órgãos públicos”, detalhou Abrão.

Os laboratórios utilizam soluções de análise tecnológica em grandes volumes de informações. Eles subsidiam investigações criminais de casos de lavagem de dinheiro ou corrupção que envolvam quebras de sigilo bancário de inúmeras contas, sigilos telefônico e fiscal durante grandes períodos.

O diretor do DRCI, Ricardo Saadi, avalia como fundamental a atuação dos laboratórios para auxiliar as investigações. Segundo ele, é imprescindível incentivar as técnicas de inteligência que resultem na recuperação dos ativos ilícitos. “Não basta apenas prender o criminoso. É fundamental descapitalizar, asfixiar financeiramente a organização criminosa para combater o crime organizado”, destacou.

Serviço

Cerimônia
Data: 07 de Fevereiro de 2014 (sexta-feira)
Hora: 10h.
Local: Auditório da Procuradoria-Geral de Justiça
Avenida FAB, nº 64 - Bairro: Central.

Após a solenidade ocorrerá visita técnica ao prédio onde está instalado o LAB-LD.
Local: Avenida Euclides da Cunha, nº 142 - Bairro: Central

Contatos
Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público do Amapá
Gilvana Santos
(96) 3198-1616 e 8121-6478.

Agência MJ de Notícias
(61) 2025-3135/3315
imprensa@mj.gov.br
www.justica.gov.br