Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MJ reclassifica filme e Confissões de Adolescente passa de 12 para 14 anos

General

MJ reclassifica filme e Confissões de Adolescente passa de 12 para 14 anos

Medida atende a reclamações nas contas da Classificação Indicativa no Facebook, no Twitter e no canal “Fale Conosco. Cenas valorizam o consumo de drogas (álcool) e situações sexuais envolvendo jovens
por publicado: 28/01/2014 11h33 última modificação: 20/02/2014 14h52

O Ministério da Justiça reclassificou o filme brasileiro “Confissões de Adolescente” como “não recomendado para menores de 14 anos”. A medida atende a reclamações nas contas da classificação indicativa no Facebook, no Twitter e no canal “Fale Conosco”.
A indicação inicialmente atribuída ao filme, “não recomendado para menores de 12 anos”, foi reconsiderada em uma nova análise da obra. Para os técnicos que analisaram o filme, ficou claro que as cenas valorizam o consumo de drogas (álcool) e que as situações sexuais são frequentes e envolvem adolescentes.
Os exibidores do filme agora terão cinco dias para adequar as informações nas salas de projeção e sites.
O filme, que estreou nos cinemas em 10 de janeiro deste ano, acompanha o amadurecimento de três adolescentes que vivem um rito de passagem típico da idade: o primeiro beijo, a primeira relação sexual, o primeiro emprego, entre outros acontecimentos desta fase da vida.
Proteção da infância – A classificação indicativa é informação destinada a alertar os pais sobre a indicação etária de filmes, jogos eletrônicos e programas de TV, para que possam escolher melhor a diversão a que vão submeter suas crianças e adolescentes.
Qualquer pessoa pode questionar a classificação indicativa de determinada obra junto ao Ministério da Justiça, que pode reavaliar a indicação inicialmente atribuída.
Saiba a classificação indicativa de filmes, jogos, programas e RPG clicando aqui.

Agência MJ de Notícias
(61) 2025-3135/3315
acs@mj.gov.br
www.justica.gov.br