Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Senasp investe nos estados para evitar entrada de drogas pela fronteira

General

Senasp investe nos estados para evitar entrada de drogas pela fronteira

Governo federal amplia os investimentos para os órgãos de segurança pública dos estados fronteiriços
por publicado: 06/08/2013 10h51 última modificação: 20/02/2014 15h32

O Brasil tem ampliado o combate ao narcotráfico na região de fronteira. Além de fortalecer o trabalho de patrulhamento e fiscalização realizado pela Polícia Federal, Força Nacional e Exército, o governo federal ampliou os investimentos de recursos públicos para os órgãos de segurança pública dos estados fronteiriços, com o objetivo de impedir a entrada de drogas ilícitas no país.

O aporte financeiro feito pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) para a área de fronteira, entre os anos de 2011 e 2012, chegou a R$ 260 milhões, o que representa um aumento de 1.300% se comparado aos valores do período de 2009 a 2010, em que foi registrado um repasse de R$ 20 milhões. A verba é destinada principalmente ao reaparelhamento das unidades policiais, com a aquisição de sistemas de radiocomunicação, viaturas e equipamentos.

O reforço orçamentário é uma das ações previstas pela Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron), que está entre os programas prioritários da Senasp. As forças policiais dos estados de fronteira também recebem apoio logístico e capacitação profissional, tendo sido qualificados, no ano passado, 495 policiais lotados em unidades policiais localizadas em cidades gêmeas e municípios lindeiros.

A iniciativa tem viabilizado o alinhamento de diretrizes, a atuação conjunta dos estados por meio de operações simultâneas e a padronização de procedimentos tático-operacionais, trazendo resultados significativos. Dados da Enafron mostram que, em 2012, as ações das polícias estaduais resultaram na apreensão de quase 82 mil quilos de drogas na faixa de fronteira, que equivale a 70% de toda droga apreendida no território dos 11 estados que fazem divisa com outros países – AC, AP, AM, MT, MS, RO, RR, PA, PR, RS e SC. Em 2012, os órgãos locais lavraram 19,4 mil flagrantes, concluíram mais de 137 mil inquéritos policiais, produziram 59,5 mil laudos periciais e apreenderam 6,6 mil armas de fogo na fronteira.

Agência MJ de Notícias
(61) 2025-3135/3315
acs@mj.gov.br
www.justica.gov.br