Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Força Nacional auxilia apreensão de fuzis e drogas no Rio de Janeiro

Destaque

Força Nacional auxilia apreensão de fuzis e drogas no Rio de Janeiro

Operação da Polícia Civil contra o comércio de crack e cocaína no Complexo da Maré terminou com a prisão de quatro pessoas e apreensão de dois fuzis. Equipes da Força atuam no estado desde 15 de março
por publicado: 14/06/2017 17h32 última modificação: 14/06/2017 17h53

Brasília, 14/6/17 - A Força Nacional de Segurança Pública apoiou, na terça-feira (13), operação da Polícia Civil contra o comércio de crack e cocaína no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro (RJ). Três homens foram presos em flagrante e um em cumprimento em mandado de prisão.

As duas equipes também apreenderam dois fuzis, 12 carregadores de fuzil, cerca de 7,5 mil pinos com cocaína, 2,8 mil papelotes com maconha, 50 quilos de maconha, 14 quilos de pasta base de cocaína, cinco quilos de crack, oito rádios comunicadores, material de endolação e cadernos com a contabilidade do tráfico.

A operação, que durou todo o dia, foi desencadeada pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) com suporte de policiais civis da Força Nacional que estão no Rio. As equipes enviadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública atuam em apoio aos órgãos locais de segurança pública, desde 15 de março, a pedido do Governo do Estado.

Outras operações
A Força Nacional também prendeu, na noite de terça-feira (14), um homem de 21 anos que ameaçava a esposa, de 18, com uma faca, no bairro Industrial, em Aracaju (SE), e um outro, de 25, que pilotava uma motocicleta roubada, no bairro Rubem Berta, em Porto Alegre (RS).

O primeiro flagrante aconteceu após a vítima pedir apoio de uma equipe que patrulhava a sua rua e o acusado foi encaminhado à 3ª Delegacia Metropolitana da Polícia Civil do estado. No segundo caso, o suspeito foi abordado durante uma barreira e levado à Delegacia de Pronto Atendimento da Polícia Civil local.

As duas prisões aconteceram durante operações de apoio à Polícia Militar de Sergipe e Brigada Militar do Rio Grande do Sul, previstas entre as ações do Plano Nacional de Segurança Pública nas duas capitais. Além de equipes com policiais militares, a Força Nacional também emprega equipes de policiais civis e profissionais de perícia para apoiar os órgãos locais.

Força


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg