Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo doa imóveis, carros e até aviões a 11 estados brasileiros

Destaque

Governo doa imóveis, carros e até aviões a 11 estados brasileiros

Veículos usados por traficantes hoje servem para transportar, por exemplo, jovens em reinserção social
por publicado: 11/08/2017 12h18 última modificação: 11/08/2017 18h39

Brasília, 11/8/17– Há dez anos, em Juiz de Fora (MG), surgia um centro de reinserção social para trabalhar com recuperação de mulheres em situação de vulnerabilidade por conta de problemas associados ao uso de drogas. A Associação Projeto Amor e Restauração (Apar), no entanto, tornou-se também, desde o ano passado, um abrigo que cuida de crianças e adolescentes de oito a 17 anos. São jovens abandonados pela família que precisam receber orientações de prevenção às drogas, estudo e atividades extracurriculares. 

“Hoje, levamos e trazemos crianças da escola, facilitamos o contato com a assistência social e também de algumas famílias em recuperação”, conta Ernane Souza Silva, responsável da Apar para buscar recursos e doações a fim de manter o abrigo. 

A locomoção dessas crianças, por exemplo, é feita em dois veículos doados pelo Fundo Nacional Antidrogas (Funad). No passado, os automóveis eram utilizados para abastecer o tráfico de drogas. Hoje, servem diariamente para buscar alimentos e facilitar as atividades educacionais dos jovens em processo de reinserção na sociedade. 

Essa ação da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) do Ministério da Justiça e Segurança Pública faz parte do objetivo global de apoiar as atividades de redução de demanda (prevenção, recuperação e ressocialização de dependentes químicos) e oferta (repressão e inteligência) de drogas em todo o país.

No último ano, foram doados e cedidos 87 bens para aplicação em políticas sobre drogas. Além de Minas Gerais, outros dez estados receberam bens: São Paulo, Santa Cataria, Mato Grosso do Sul, Paraná, Goiás, Espirito Santo, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Rio Branco e Bahia. O destino final das propriedades são centros de reinserção social, prefeituras e polícias. 

O secretário da Senad, Humberto Viana, explica que os recursos do Funad, em síntese, são destinados ao desenvolvimento, à implementação e à execução de ações, programas e atividades de enfrentamento, prevenção, tratamento e reinserção de dependentes de substâncias psicoativas. Tais recursos vêm de apreensões em decorrência do tráfico de drogas, abuso e atividades ilícitas como produção ou comercialização de drogas. 

Cabe frisar que o orçamento do órgão também é composto por outras receitas. Além de doações e cessões, o Funad também realiza leilões de bens apreendidos como automóveis, objetos eletrônicos e diversos imóveis. Em geral, a execução é realizada por meio de acordo de cooperação dos estados. 

Regiões com mais doações
Destaca-se a região de São Paulo, com cessão de seis veículos e um imóvel – além de doação de 22 veículos para diferentes prefeituras municipais e centros de apoio terapêutico.

Em seguida, seguem os estados do Mato Grosso do Sul (15 doações de veículos) e de Minas Gerais (13 veículos). Paraná diferencia-se das demais regiões por ter recebido duas aeronaves e nove veículos.

ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg