Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MJSP debate política de segurança com comandantes da PM e dos Bombeiros

Destaque

MJSP debate política de segurança com comandantes da PM e dos Bombeiros

Encontro em Brasília reúne profissionais de todo o Brasil. "É fundamental que sejamos uma voz única de uma política definitiva em segurança pública”, disse o ministro da Justiça, Torquato Jardim
por publicado: 31/08/2017 16h30 última modificação: 31/08/2017 16h43

Brasília, 31/8/17 - O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSJP) recebe, nesta quinta-feira (31), em Brasília, contribuições de profissionais de todo o país para elaboração da política do Plano Nacional de Segurança Pública (PNaSP). Na abertura do encontro, que reuniu membros do Conselho Nacional de Comandantes Gerais de Polícias Militares e Corpos de Bombeiros dos Estados e do Distrito Federal (CNCG), o ministro Torquato Jardim destacou a importância do governo federal em ouvir os estados e o Distrito Federal sobre suas necessidades. "É fundamental que sejamos - unidades federativas e União - uma voz única de uma política definitiva em segurança pública”, afirmou. 

Segundo Jardim, o MJSP também recebe contribuições do CNCG ao Plano Nacional de Segurança Pública (PNSP), que já está em andamento. “Está sendo executado um plano nacional que foi concebido de forma emergencial, por isso é fundamental reconcebê-lo para que tenha maior eficácia a longo prazo, e apoiado numa política nacional. Estamos aqui para ouvir e acatar sugestões, sejam para seus estados, sejam nacionais, pois sabemos que a eficácia das forças policiais está vinculada à estreita colaboração e ao estreito entendimento entre os entes federativos, para um melhor conhecimento dos desafios a serem vencidos”, reforçou o ministro. 

O evento, coordenado pelo secretário Nacional de Segurança Pública, do MJSP, general Carlos Alberto Santos Cruz, segue até o fim da tarde e conta com as presenças do presidente do CNCG e comandante -geral da Polícia Militar do Distrito Federal, coronel Marcos Antônio Nunes, e dos comandantes-gerais ou subcomandantes de PMs e Bombeiros de todo o Brasil. Para Santos Cruz, é fundamental a aproximação do Ministério para saber quais são os anseios, críticas, solicitações e sugestões dos estados. “Não adianta fazer um plano que não discute com as polícias”, reiterou Santos Cruz. 

A fim de tratar de parcerias em prol da segurança pública, também foram convidados a participar do encontro os generais do Exército Brasileiro, Anísio David de Oliveira Júnior, terceiro subchefe do Comando de Operações Terrestres e inspetor-geral das PMs e Corpos de Bombeiros do Brasil; e Ivan Ferreira Neiva Filho, diretor de Fiscalização de Produtos Controlados. Ainda compõem os debates o presidente da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme), coronel da PM de Santa Catarina Jorge Teza. 

A reunião de hoje faz parte de uma série de encontros realizados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senasp/MJSP) com órgãos governamentais ligados ao tema. O objetivo dos encontros é colher sugestões para a formulação de uma política e de um plano nacionais que envolvem ações de prevenção e repressão à violência e ao crime. Exemplo é o encontro com representantes regionais e presidência do Conselho Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp), realizado no último dia 16, em Brasília. Na data foram apresentadas propostas nas áreas de orçamento, legislação e estrutura institucional.

Clique e acesse a galeria de imagens

Encontro

Fotos: Isaac Amorim


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg