Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba começa a mapear sua população carcerária

Destaque

Paraíba começa a mapear sua população carcerária

Até sexta-feira (7), servidores das unidades prisionais passam por treinamento, em João Pessoa, para utilizarem o novo sistema de gestão prisional
por publicado: 06/07/2017 16h40 última modificação: 06/07/2017 16h41

Brasília, 05/07/17 – As penitenciárias da Paraíba começam a operar o Sistema de Informações do Departamento Penitenciário Nacional (SisDepen), desenvolvido pelo Serpro para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, nesta semana. Servidores das unidades prisionais estão sendo treinados, em João Pessoa, para utilizarem o novo sistema de gestão prisional, no período de 4 a 7 de julho. 

Após o treinamento teórico, os servidores passam a alimentar o SisDepen, a partir desta quinta-feira (6), com dados dos presos da Paraíba. A tarefa será realizada no Centro de Reeducação Feminina Maria Júlia Maranhão, na Penitenciária Modelo de João Pessoa, e na Penitenciária de Segurança Máxima Criminalista Geraldo Beltrão. Técnicos do Serpro e do Depen conduzirão o processo, em parceria com a Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social. 

Lançado em fevereiro, o SisDepen é uma ferramenta web criada para facilitar a gestão prisional e centralizar informações quantitativas e qualitativas dos custodiados. A solução também oferecerá informações processuais de execução penal de cada preso, após ser integrada ao Sistema Eletrônico de Execução Unificada do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 

Desde o lançamento, servidores de cinco estados (TO, BA, RN, RO e PB) foram capacitados e incluíram no SisDepen informações sobre cerca de 29 mil presos. A população carcerária brasileira supera 620 mil pessoas, distribuídas em aproximadamente 1,4 mil unidades prisionais. 


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg