Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MJSP dá posse ao novo secretário Nacional de Políticas sobre Drogas

Destaque

MJSP dá posse ao novo secretário Nacional de Políticas sobre Drogas

Humberto Viana traz olhar voltado para gestão por resultados e abertura ao diálogo. Natural de Pernambuco, o titular sucede Roberto Allegretti e acumula experiências em administração pública e ressocialização de presos
por publicado: 27/04/2017 10h42 última modificação: 27/04/2017 11h05

Brasília, 27/4/17 – O ministro da Justiça e Segurança Pública, Osmar Serraglio, deu posse nessa quarta-feira (26) ao novo secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Humberto Viana. Natural de Pernambuco, o titular sucede o coronel Roberto Allegretti e acumula experiências em administração pública e ressocialização de presos.

Oficial da Polícia Militar, Viana possui bacharelado em Administração de Empresas e Educação Física, além ter realizado pós-graduação nos cursos de Gerenciamento de Cidades e Administração Pública pela Universidade de Pernambuco.

No Governo Federal, já atuou como Secretário Nacional de Defesa Civil, pelo Ministério da Integração, entre 2011 e 2013. Em Pernambuco, antes de assumir a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), passou pela Secretaria de Planejamento e Gestão (2014 a 2017) e foi Secretário de Ressocialização (2007 a 2011). É dessa experiência que Viana obteve primeiro contato com políticas sobre drogas, quando teve de lidar com o conceito de saúde mental e atenção a dependentes químicos.

“Vamos cuidar de manter o que temos no tamanho que possamos”, afirmou Viana que já está finalizando diagnóstico inicial de todas as ações da Secretaria com o intuito de dar continuidade aos programas de prevenção, à atenção, ao cuidado e ao investimento em conhecimento acadêmico por intermédio de estudos e pesquisas.

Sobre o modo de realização dos trabalhos, o secretário – de perfil inovador – sabe dos desafios a serem enfrentados em termos de recursos, mas afirma que pretende trazer olhar seguro e aberto ao diálogo, focando em possibilidades reais. “A Senad irá investir em políticas que tragam resultados. Esta será uma gestão por resultados”, enfatiza Viana.

Sobre possíveis grupos de interesses opostos diante da atual política sobre drogas, Viana não considera prudente fechar portas para nenhum segmento, e sim dialogar com todas as propostas em suas diversidades.  “Não estamos no momento de dividir visões, e sim de somar todos os lados”, compreende o novo secretário.  


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg