Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Senacon, Procons e Reclame Aqui se unem contra fraudes na Black Friday

Destaque

Senacon, Procons e Reclame Aqui se unem contra fraudes na Black Friday

Intensificação da fiscalização e monitoramento digital de preços do comércio eletrônico é a principal ação para reforço à proteção do consumidor na data das megapromoções - 24 de novembro
por publicado: 10/11/2017 17h24 última modificação: 14/11/2017 13h46

Black Friday

Brasília, 10/11/17 - A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), os Procons e a plataforma digital privada Reclame Aqui se uniram no combate às maquiagens de preços e às ofertas enganosas que violam os direitos dos consumidores na Black Friday, dia de promoções que neste ano (2017) cairá em 24 de novembro, daqui a duas semanas.

O anúncio da intensificação de fiscalização na data festejada pelo varejo foi feito pelo secretário Nacional do Consumidor (Senacon), Arthur Rollo.   A participação e envolvimento de uma entidade civil privada (Reclame Aqui) nesse tipo de ação é inédita e reforça as ações de defesa e proteção do consumidor dos órgãos públicos.

A parceria com o Reclame Aqui consiste na remessa à Senacon das ilegalidades identificadas no monitoramento digital das ofertas realizadas pelo comércio eletrônico.

“Tanto os Procons como o Reclame Aqui já estão monitorando as ofertas na internet. Qualquer ilegalidade notada será objeto de investigação e de responsabilização na esfera administrativa.”, informou o Secretário Arthur Rollo.   

Sem fraudes
Infelizmente, em anos anteriores, ilegalidades como maquiagens de preços, abalaram a imagem da data no Brasil, que passou a ser apelidada de “Black Fraude”, observa Rollo.

A Secretaria recomenda a vigilância dos consumidores sobre os valores dos produtos de seu interesse desde já, bem como a atenção contra práticas enganosas. Rollo não descarta a ocorrência de episódios semelhantes na presente edição.

A maquiagem se caracteriza pelo aumento prévio dos preços de produtos no período que antecede a data promocional e a apresentação de falsos descontos no próprio dia.

Outro artifício para mascarar a movimentação fraudulenta de preços é adotar valores do frete e de entrega acima daqueles praticados rotineiramente. O frete mais caro encarece o preço final.

ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg