Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MJC lança aplicativo que permite a fiscalização de gastos públicos

Destaque

MJC lança aplicativo que permite a fiscalização de gastos públicos

por publicado: 17/11/2016 19h16 última modificação: 18/11/2016 09h44
A ferramenta traduz dados abertos do governo para uma linguagem mais acessível ao cidadão

Brasília, 17/11/16 – “Minha cidade recebe mais ou menos recursos que a cidade vizinha?”. “Esses recursos estão sendo bem aplicados?”. Com o aplicativo “As Diferentonas”, lançado nesta quinta-feira, 17, o cidadão poderá responder a essas perguntas e fiscalizar os investimentos na sua região, comparando os dados entre cidades semelhantes. As informações virão do Portal da Transparência, do Portal de Dados Abertos e do Portal de Convênios (Siconv).

A ideia de traduzir os dados sobre investimentos federais para uma linguagem mais acessível partiu do Ministério da Justiça e Cidadania, em parceria com os Ministérios do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União. De acordo com Carolina Yumi, diretora adjunta do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional da Secretaria Nacional de Justiça (DRCI/SNJ), o cidadão terá acesso aos dados de transferências voluntárias do governo, traduzidos em uma linguagem mais acessível, e poderá escolher e comparar os dados que entender mais úteis para a fiscalização da gestão pública.

O desenvolvimento do sistema ficou a cargo de um grupo de professores, pesquisadores e alunos universitários de Campina Grande (PB) que ganhou o concurso lançado pelo Ministério da Justiça e Cidadania a partir de uma ação da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA), que tem como alguns de seus pilares fundamentais a transparência, a participação social e o uso da tecnologia.

Aplicativo "As Diferentonas"

O concurso

O aplicativo é resultado de concurso lançado pelo governo federal, com a participação da sociedade civil, chamado Hackathon de Participação no Combate à Corrupção. Mais de 50 equipes de programadores e designers de todo o país participaram. Três projetos foram selecionados para a fase final. A equipe vencedora explicou que a ideia foi dar aos cidadãos a capacidade de comparar os investimentos entre estados, cidades e municípios.

De acordo com secretário Nacional de Justiça e Cidadania, Gustavo Marrone, esse modelo de concurso inova em vários aspectos. “Em regra, o desenvolvimento de soluções de tecnologia da informação no governo federal ocorre dentro da administração pública e a sociedade não participa da sua construção. O Hackathon, contudo, inverteu essa lógica. Ele propôs desafios à sociedade e premiou as melhores ideias”, disse.

A ferramenta está disponível para download no seguinte endereço: http://portal.convenios.gov.br/aplicativo-as-diferentonas

Em fevereiro de 2017, a ferramenta estará também disponível nas lojas virtuais.

 

ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg