Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Prevenção como política pública é foco de congresso sobre drogas

Prevenção como política pública é foco de congresso sobre drogas

por publicado: 27/11/2014 12h27 última modificação: 27/11/2014 12h54

Brasília, 27/11/14 – A preocupação com o fim do preconceito na recuperação de usuários de drogas foi um dos temas da abertura do 1º Congresso Internacional de Prevenção dos Problemas Relacionados ao Uso de Drogas (Previne 2014). O encontro reúne gestores públicos, acadêmicos e a sociedade civil nos dias 27 e 28 de novembro de 2014, no Museu Nacional, em Brasília.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ressaltou o investimento de R$ 3,6 bilhões no programa Crack, é Possível Vencer. “Tivemos a missão de realizar um programa ousado, tanto pela integração de diversos ministérios como pela integração com estados e municípios. Avançamos muito e agora começam a surgir os primeiros resultados”, detalhou. Cardozo ressaltou a capacitação de agentes, a busca de atividades de prevenção e ampliação da rede de tratamento.

“Congressos como esse são fundamentais para a conhecer práticas de outros países e apresentar nossas práticas. Precisamos formar uma nova consciência, vencer preconceitos contra o usuário. Um dependente necessita de tratamento. É uma mudança de cultura e a apropriação de boas práticas é muito importante”, destacou. O ministro lembrou ainda que o foco da política pública do governo federal, além do tratamento, é o enfrentamento aos narcotraficantes, a criação de políticas de reinserção social e a prevenção.

O evento é organizado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça (Senad/MJ), pela Coordenação Nacional de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Ministério da Saúde e pela Universidade Federal de Santa Catarina. O Congresso conta ainda com o apoio do Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crimes (Unodc).

Além de compartilhar conhecimento e experiências práticas sobre drogas, o Previne 2014 impulsionará a realização de pesquisas, debates e políticas públicas que, fortalecendo a cidadania e os laços sociais, protejam os jovens do uso prejudicial das drogas. 

O secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Vitore Maximiano, destacou o trabalho da Senad, como o investimento em pesquisas, capacitações, comunidades terapêuticas, formação acadêmica e prevenção. “Em 2015 começaremos um novo ciclo de trabalho, reafirmando a parceria entre os governos federal, estadual e municipal com a sociedade civil, num tema tão complexo e importante como a dependência química. Certamente iremos revisar e ampliar os programas sobre drogas na próxima gestão”.

A população poderá acompanhar a transmissão ao vivo pela Internet via streaming pelo endereço http://previne2014.nute.ufsc.br/streaming.

Serviço
1º Congresso Internacional de Prevenção dos Problemas Relacionados ao Uso de Drogas (PREVINE 2014)
27 e 28 de novembro, Museu Nacional
www.previne2014.senad.gov.br

 

Foto: Isaac Amorim

Clique e veja a galeria de fotos

Ministério da Justiça
facebook.com/JusticaGovBr
flickr.com/JusticaGovbr
www.justica.gov.br
imprensa@mj.gov.br

(61) 2025-3135/3315