Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Toyota convoca 95 mil veículos para recall

General

Toyota convoca 95 mil veículos para recall

publicado: 11/04/2014 20h26 última modificação: 11/04/2014 20h25

Por Sinval Duarte

Brasília, 11/4/14 – O Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), informa que a Toyota do Brasil LTDA protocolou, nesta sexta-feira (11), uma campanha de chamamento para inspeção e, caso haja necessidade, substituição do conjunto do cabo espiral que compõe o sistema de airbag dos modelos Hilux, Hilux SW 4 e RAV4.

 Ao todo, 94.992 automóveis da marca podem apresentar defeito no airbag durante o uso, caso haja a necessidade de serem acionados em um acidente. Os modelos Hilux e Hilux SW 4 que integram o recall, foram fabricados entre 3 de junho de 2005 e 30 de janeiro de 2010. Já os donos dos carros modelo RAV4, fabricados entre 2 de agosto de 2005 e 24 de março de 2010, também precisarão comparecer a uma das autorizadas da Toyota em todo  Brasil, para que seja feita a inspeção em seus veículos.

 De acordo com a montadora, os veículos que podem apresentar defeitos têm numeração de chassi não sequencial, os quais compreendem os intervalos 8AJFZ29G066005277 à 8AJEX32GXA4030211 para os veículos Toyota Hilux e Hilux SW 4 e JTMBD31V665000010 à JTMBD31V8A5252947 para os veículos Toyota RAV4.

 Ainda segundo a Toyota, o recall será feito em duas etapas, sendo que a primeira, que é a substituição do conjunto do cabo da espiral, o qual pode se romper acontecerá imediatamente. Já a segunda etapa será realizada a partir de 1º de julho de 2014. Nesta última, a montadora fará a inspeção e, se necessário, substituirá o conjunto em todos os veículos envolvidos no chamamento.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança, a empresa destacou que “como implicação da não deflagração do airbag há o aumento do risco de ferimentos graves na região torácica e facial e, em casos extremos, lesões fatais ao motorista do veículo”.

 Em relação a defeitos decorrentes da fabricação de algum produto, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) determina que o fabricante conserte ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita.

 Caso o cliente encontre dificuldade para realizar o procedimento, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

 No entanto, a Toyota disponibilizou o número 0800 703 02 06 para que os clientes da marca possam entrar em contato a empresa. Os clientes podem ainda  acessar o site www.toyota.com.br e obter maiores informações.

 Os detalhes sobre a campanha de chamamento também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça – http://portal.mj.gov.br/recall.

 

Ministério da Justiça

Curta facebook.com/JusticaGovBr

www.justica.gov.br

imprensa@mj.gov.br

(61) 2025-3135/3315