Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pedido para inclusão de Rogério 157 em presídio federal segue para Justiça

Destaque

Pedido para inclusão de Rogério 157 em presídio federal segue para Justiça

Departamento Penitenciário Nacional analisou toda a documentação do preso e aguarda decisão judicial para possível transferência dele a uma unidade do Sistema Penitenciário Federal
por publicado: 29/12/2017 16h28 última modificação: 29/12/2017 16h29

Brasília, 27/12/17 – O pedido da Justiça fluminense para inclusão do traficante Rogério 157 no sistema penitenciário federal foi encaminhado pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) à Justiça federal. 

Nesta semana, a documentação do preso foi objeto de análise por integrantes do Depen, que indicaram para qual unidade prisional ele pode ir. A decisão caberá ao juiz federal. Por questões de segurança, o órgão não divulgará qual dos quatro presídios federais foi recomendado para receber o traficante.  

Caso o magistrado acate a sugestão do Depen, terá início o processo de transferência do preso, que deverá ser feita com apoio da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro (Seap/RJ). 

Rogério 157, cujo o nome completo é Rogério Avelino da Silva, foi preso pela Polícia Civil do Rio de Janeiro no dia 6 de dezembro de 2017. Ele é apontado como chefe do tráfico na favela da Rocinha, Zona Sul do Rio. Segundo investigações, ele ordenou o início da guerra entre fações criminosas na comunidade, em setembro.


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg