Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MJ lança nova ferramenta no portal Atlas de acesso à Justiça

MJ lança nova ferramenta no portal Atlas de acesso à Justiça

Direcionamento de serviços permitirá que internautas sejam encaminhados à órgãos específicos do Sistema de Justiça
por publicado: 01/02/2016 13h05 última modificação: 15/03/2016 08h34

Brasília 01/02/2016 – Uma nova ferramenta de direcionamento de serviços no portal Atlas de Acesso à Justiça foi disponibilizada pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria de Reforma do Judiciário (SRJ/MJ). O cidadão que acessar o site contará com um espaço que, a partir da descrição de determinada situação e/ou conflito, direciona para o endereço de um órgão especifico do sistema de Justiça que terá competência de solucioná-lo. O projeto é uma parceria entre a SRJ e Universidade de Brasília (UnB).

Com o objetivo de aperfeiçoar as funcionalidades disponíveis ao cidadão, o novo serviço permite que o usuário digite o problema, por exemplo “violência doméstica”, “perdi meus documentos” ou qualquer outro termo relacionado ao tema que esteja cadastrado na ferramenta. Ele obterá como resultado a localização das instituições mais próximas que prestam o atendimento relacionado à sua pesquisa. 

O trabalho foi desenvolvido com a criação de um tesauro, que é um vocabulário de termos genéricos relacionados sobre determinada área do conhecimento, visando ao controle terminológico, à organização, ao gerenciamento, à recuperação e, consequentemente, à disseminação da informação. Diversificados termos, dentro do escopo das matérias tratadas no âmbito da Justiça, foram selecionados definindo as hierarquias dos serviços prestados.

A resposta dos possíveis problemas dos cidadãos está vinculada à base de dados do Atlas, que teve informações cedidas pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon/MJ), Secretaria de Políticas para Mulheres, Defensoria Pública do Rio de Janeiro, Conselho da Justiça Federal e o Conselho Nacional de Justiça. Deste modo, o projeto visa garantir a proposição de solução de direcionamento de serviços conforme as demandas solicitadas. Os primeiros temas inseridos na ferramenta estão relacionados ao atendimento à mulher, ao consumidor e às maiores demandas da Defensoria Pública.

 Acesse a nova ferramenta http://www.acessoajustica.gov.br

 

Ministério da Justiça
facebook.com/JusticaGovBr
flickr.com/JusticaGovbr
Twitter/justicagovbr

www.justica.gov.br
imprensa@mj.gov.br

(61) 2025-3135/3315/3928