Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Metrô de Brasília recebe exposição sobre mulheres refugiadas e migrantes no Brasil

Destaque

Metrô de Brasília recebe exposição sobre mulheres refugiadas e migrantes no Brasil

por publicado: 15/06/2018 16h58 última modificação: 15/06/2018 17h00
Exposição marca início da celebração do Dia Mundial do Refugiado em Brasília, que segue para o Ministério da Justiça

Exposição No Fluxo


Brasília, 15/6/18 – Quem estiver passando pelas catracas da Estação Central do Metrô de Brasília, entre 18 e 29 de junho, poderá ver que novos olhares habitam a estação. Por detrás da diversidade de mulheres retratadas, estão suas histórias de superação de perseguições, de violências e de discriminações: são refugiadas ou migrantes que hoje vivem em segurança no Brasil.

A exposição “No Fluxo: reflexos da migração e refúgio de mulheres no Brasil” é realizada pelo Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), do Ministério da Justiça, pela Defensoria Pública da União (DPU) e pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur). As fotos retratam trajetórias individuais de mulheres em busca de justiça e foram tiradas no ambiente em que estão inseridas no Brasil, o país que as acolheu.

No contexto do Dia Mundial do Refugiado, celebrado globalmente em 20 de junho, a exposição dá visibilidade à situação de vulnerabilidade de mulheres forçadas a se deslocarem em todo o mundo. Para marcar a data, representantes do Conare, da DPU e do Acnur estarão na Estação Central do Metrô no dia 20 de junho, das 16h30
às 19h, para interagir com transeuntes, dialogar sobre a exposição e promover o tema da imigração e do refúgio no Brasil.

Paralelamente, a exposição será exibida de 25 a 29 de junho no Salão Negro do Ministério da Justiça. No dia da abertura, às 19h, haverá uma mesa-redonda com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, a representante do Acnur no Brasil, Isabel Marquez, o defensor Público-Geral Federal, Carlos Eduardo Barbosa Paz, entre outras autoridades.

Também serão exibidos os documentários “Fuocoammare” e “Welcome to Canada”, produções internacionais que mostram o acolhimento de refugiados no contexto de outros países. O docufilme “Fuocoammare” será exibido nos dias 25 e 29 de junho, das 12h às 14h, no Auditório Tancredo Neves do MJ. Para a exibição do curta-metragem “Welcome to Canada” será instalada uma tenda do Acnur no Salão Negro nos dias 25, 27 e 29 de junho.

A exposição faz parte da programação do Dia Mundial do Refugiado no Brasil que, desde 2001, é celebrado no dia 20 de junho, de acordo com resolução aprovada pela Assembleia Geral das Nações Unidas. A programação completa do Dia Mundial do Refugiado no Brasil está disponível em http://acnur.org.br/diadorefugiado.

Exposição “No Fluxo: reflexos da migração e refúgio de mulheres no Brasil”
Local: Hall da catraca da Estação Central do Metrô de Brasília
Data: de 18 a 29 de junho
Horário: De segunda a sábado, das 6h às 23h. Aos domingos, das 7h às 19h.

Local: Salão Negro do Palácio da Justiça, edifício-sede do Ministério da Justiça
Data: de 25 a 29 de junho
Horário: abertura no dia 25, às 19h. De 26 a 29 de junho, das 8h às 18h.

 

ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpg